Casais: O dialogo fundamental

Casais: O dialogo fundamental

É fundamental para qualquer casal cultivar diálogos abertos e francos, sobre o que concordam e o que não concordam, sobre suas alegrias e suas tristezas, sobre problemas, mas também sobre soluções e principalmente sobre o amor que os une!

Infelizmente, o dialogo entre casais, muitas vezes não flui, vemos mais um monólogo do que um dialogo, ou seja, um fala e outro finge que escuta…

Mesmo sabendo que saber calar é uma das atitudes mais difíceis, pois só  conseguimos realmente calar, quando conseguimos verdadeiramente escutar o outro. A abstenção de palavras é a abstenção mais ameaçadora pra o ser humano.

Calar não é um simples parar de emitir sons sob forma de palavras e sim estar atento ao que outro quer dizer. É estar ligado no que o outro diz, não apenas no entendimento do que outro está dizendo, mas no que significa, o que representa para ele tudo aquilo que está falando. Da mesma forma, é entender a si mesmo.

É interessante para o casal prestar atenção na linguagem não verbal. Seu companheiro (a) pode estar triste e por suas próprias dificuldades, não tem coragem de lhe pedir um abraço, um colo… é seu papel notar essa dificuldade, através de seus olhos. Pode se aproximar suavemente, oferecendo um ombro para que possa chorar…

Este é o momento, onde você vai estar se calando para ouvir o outro, aí se faz um diálogo sem palavras. Calar para escutar é a busca da sintonia com o outro. Esse jejum de palavras pode ser, muito bem, a eliminação de palavras dispensáveis e a expressão apenas das palavras que são necessárias a cada momento. Saber calar é não se esconder atrás de palavras vazias, estar com a atenção voltada para ouvir os próprios pensamentos e distinguir o que é real e o que é fantasia.

Rafael Leitoles Remer – Psicólogo

Psicólogo em Curitiba

Terapia de casal em Curitiba

Leia também o artigo relacionado sobre terapia de casal: 
 https://www.remerterapias.com.br/terapia-decasal

Assista a entrevista  no mesmo link!

Contato (41)3082-8778 – (41)99182-1966 

Comentários do Facebook


2 Comentários para "Casais: O dialogo fundamental"

  1. Carol

    O difícil é quando o outro não se abre para você. Recentemente eu e meu marido tivemos uma discussão, ele viajou e quando voltou tentamos conversar, mas não conseguimos. Continuamos dormindo na mesma cama até que não aguentamos e fizemos amor. O problema disso é que não conversamos mais e é como se nada tivesse acontecido. Ele não gosta de conversar e isso me corrói, não sei o que fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *