Hipnose Clínica

  • Relaxamento
  • Regressão de Memória

A hipnose clinica

      A hipnose é apenas um estado de consciência alterado, semelhante ao “transe”. O estado de transe hipnótico é um estado de concentração profunda e absoluta, durante o qual a pessoa sente um profundo relaxamento físico e emocional, focando sua atenção no que lhe é falado, mantendo-se sempre consciente, nunca fazendo nada contra sua vontade, nem alterando em nada a sua “maneira de ser” ou a sua personalidade.
      A hipnose existe desde que o homem apareceu na terra. Antigamente, achava-se que eram somente pessoas dotadas de poderes especiais que tinham acesso a sabedoria interior (o inconsciente), mas hoje se sabe que todas as pessoas podem acessar essa sabedoria e beneficiar-se com isso.
Pode lhe soar estranho, mas acredite: o ser humano passa grande parte da sua vida hipnotizado, de uma forma natural, em diversos momentos da sua vida diária. Como assim?
Pense em uma vez em que você dirigia em uma rodovia e se pegou, em um breve momento, inconsciente daquilo que estava fazendo; ou quando estava vendo um filme, ou um programa na televisão em que você estava tão concentrado, incorporando tudo aquilo que estava acontecendo no filme, como se fosse com você e nem se deu conta de que alguém entrou na sala… E no momento em que folheou um álbum de fotografias? Durante aqueles instantes, você pode reviver e se reportar a várias ocasiões já vividas, ficando tão absorto que nem percebeu as horas passarem.
Pelo menos um desses exemplos de hipnose, já deve ter lhe acontecido, comprovando que todas as pessoas, em alguma situação ou circunstância já se sentiram hipnotizadas, mesmo que, na maioria das vezes, nem tenham percebido.
Se pensarmos em um sentido mais amplo da palavra “hipnose”, pode-se afirmar que os seres humanos vivem continuamente hipnotizados: por um ideal, pela depressão, pela insegurança, pelo poder, pela raiva ou pelo entusiasmo.
Através da Hipnose Clinica, podem-se conseguir mudanças significativas em sintomas de patologias comuns nos dias de hoje, como depressão, o transtorno bipolar, todos os transtornos de ansiedade, transtornos alimentares, etc. E em um estado mais profundo, podemos até fazer o que chamamos de regressão de memória, que não tem nada a ver com vidas passadas, você é capaz de regredir na sua própria vida, desde a vida intra-uterina, o geralmente utilizamos para trabalhar traumas
Mitos da hipnose:
1- A pessoa pode perder a consciência: as pessoas que desconhecem a hipnose acham que, quando hipnotizadas, perdem a consciência. Ao contrário, ficam em um estado especial de atenção focalizada. A pessoa ficará ciente do que acontece à sua volta e, ainda que em estado hipnótico, pode ouvir, sentir, falar; mas tudo acontece num estado especial e não na falta de consciência.
      2- A hipnose enfraquece a vontade: sua vontade não se enfraquecerá de forma alguma. Pelo contrário, essa pausa feita através da hipnose revigora suas energias vitais, aumenta sua concentração para que possa reprogramar de forma rápida, segura e eficientemente seu inconsciente para atingir os objetivos desejados. A pessoa está no controle e se, por qualquer motivo, quiser sair do estado hipnótico, pode fazer isso facilmente, só abrindo os olhos. Os hipnotistas de palco gostam que a platéia acredite que ele tem o controle sobre a pessoa hipnotizada. O bom profissional, deixa claro que o paciente tem o controle.
      3- Hipnose é terapia: a hipnose não é terapia. É somente mais uma ferramenta utilizada em uma terapia, que ajuda a acessar o inconsciente de uma forma mais rápida e eficiente. Mas a hipnose por si só traz uma sensação de bem-estar e paz, o que traz benefícios para qualquer pessoa.
      4- A pessoa pode não voltar do transe: isso não é possível. O que pode acontecer é a pessoa adormecer, que é o passo seguinte ao transe profundo, podendo ser acordado a qualquer momento.
Gostou do tema? Tem alguma duvida ou curiosidade? Estou a sua disposição para saná-las
      Hipnose é um dos recursos da psicoterapia e da Analise, ou seja, não faço sessões de Hipnose caso não seja considerada importante no processo terapêutico. É necessários que ambas as partes, terapeuta e paciente, concluam que a hipnose seria a melhor ferramenta a usar em dado momento, isso decidimos juntos, mas… sou questionador… Calma, lhe garanto que será um caminho de autoconhecimento maravilhoso!
hipnose
      Em relação a regressão de vidas passadas, ou hipnoses de palco, onde vê-se muito na televisão, concordo com o Padre Quevedo – Wikipédia, a enciclopédia livre ( isso non ecziste

 Ele é um dos maiores hipnólogos no Brasil, apesar de ter alguma conotação religiosa (nada contra, psicólogo é gente também e reconhece a importância da espiritualidade inerente ao ser humano) vale a pena conhecer o trabalho dele, é interessante e desmistificador na minha humilde opinião! E, se quiser conversar, fique a vontade!
Olha ele aí!

Comentários do Facebook


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *